Arquipélago da Madeira

Arquipélago da Madeira

Destino exibe suas raízes em patrimônios históricos e monumentos fascinantes. // Famoso por ser um dos mais belos do mundo, o Arquipélago da Madeira é rep...

Suíça, de trem

Suíça, de trem

Um passeio imperdível pela Suíça com o Grand Train Tour

Lan Lanh

Lan Lanh

Lan Lanh sobe aos palcos do Teatro Glaucio Gill, no Rio de Janeiro, para apresentar o show "Batuque da Lan Lanh" nos dias 2, 3, 4, 5, 9, 10, 11 e 12 de junho. ...

Publicado em Crônicas Di-Versos
Lido 6667 vezes
Avalie este item
(13 votos)

Alguém gritou, um tiro ecoa. Uma telha caiu, o cão late.

 

A multidão atravessa a rua. Algo cai do bolso, do buraco no paletó.

 

O povo vem voando,corre para ver.

 

Quem morreu?


É hora, de repente, de agitação.

Não dá para enxergar, está escurecendo...

 

O buraco no paletó quem fez foi a traça que caiu.

 

O cão tem algo na boca.

 

É um gato?

 

No instante do flagra, a fera evitou que o dono virasse um assassino.

 

Ele só se tornou mais um corno do Cerrado.

 

E o outro?

 

Ah, este gato fugiu correndo, ninguém mais viu naquelas bandas.

 

Sumiu,

feito a traça.

 

 

 

 

*Esta história az parte do livro "Era Uma Vez....... Outra Vez....... mais uma vez .......e  mais outra.......", de Nádia Timm.

Última modificação em Sexta, 13 Janeiro 2017 22:23
Mais nesta categoria: Crônica da Semana »

Deixe um comentário

Mais lidos

Tradição dos Manjericos

Tradição dos Manjericos

23 Jun 2016 Turismo

Na Ponta do Nariz

Na Ponta do Nariz

06 Jun 2016 Artemania

Ecoturismo

Ecoturismo

16 Out 2015 Turismo

Capoeira

Capoeira

04 Set 2016 Isto é Brasil

MULHERES / MUJERES

MULHERES / MUJERES

25 Jan 2019 Livros

Acompanhe no Facebook

Online

Temos 32 visitantes

Add to Flipboard Magazine.