Arquipélago da Madeira

Arquipélago da Madeira

Destino exibe suas raízes em patrimônios históricos e monumentos fascinantes. // Famoso por ser um dos mais belos do mundo, o Arquipélago da Madeira é rep...

Suíça, de trem

Suíça, de trem

Um passeio imperdível pela Suíça com o Grand Train Tour

Lan Lanh

Lan Lanh

Lan Lanh sobe aos palcos do Teatro Glaucio Gill, no Rio de Janeiro, para apresentar o show "Batuque da Lan Lanh" nos dias 2, 3, 4, 5, 9, 10, 11 e 12 de junho. ...

Os Fiapos do Umbigo Fotografias: Layza Vasconcelos
Lido 1392 vezes
Avalie este item
(1 Voto)

 O  Grupo GTI  de Teatro estreia seu novo espetáculo Os Fiapos do Umbigo, dia 24 de maio,  às 20 horas, no Teatro SESI, em Goiânia, sob a direção e supervisão de dramaturgia da mineira Bya Braga.

Patrocínio da Lei Goyazes de Incentivo à Cultura.   

 

 

por Valbene Bezerra

Baseada no teatro físico e na palhaçaria, a peça traz no elenco os atores  Bruno Peixoto e Valéria Livera, Rita Alves e Eduardo Babugem.

 

Criado pelos próprios atores, a comédia Os Fiapos do Umbigo investe em tema extremamente atual. O texto aborda a experiência de clonagem de uma espécie em extinção. Trata-se de uma Palhaça que está ameaçada de morrer. Ela é o único ser de seu tipo que ainda sobrevive. Se ela morrer, o que acontecerá? Como outros palhaços nascerão? Nunca mais haverá uma espécie com aquele nariz diferente? Será o fim do riso? O fim da arte?  Estas perguntas só o espetáculo poderá responder.

 

Além do riso e de uma solução divertida para o problema, Os Fiapos do Umbigo oferece a todos uma oportunidade de pensar, de buscar uma solução criativa sobre um tema que gera muitos debates na sociedade. E, para completar, ainda apresenta uma reflexão inesperada, deixando a pergunta: o que podemos fazer para reverter a ameaça de extinção de uma espécie?

 

“É preciso uma solução. Algum fiapo de vida precisa se manter e crescer”, diz o ator Bruno Peixoto.

 

GTI

 

Formado  há oito anos,  Teatro GTI é um grupo composto por quatro atores: Bruno Peixoto, Eduardo Babugem, Rita Alves e Valéria Livera. Todos os seus componentes já integraram outros grupos de teatro de Goiânia.  O GTI nasceu com o firme propósito de  colocar em prática suas experiências e anseios de produção teatral.

Nos seus oito anos de existência, o GTI produziu  quatro espetáculos: Balanço,Histórias para Sonhar Acordado, Tudo passa...Eu passarinho e Olga. “ Resolvemos colocar nossa energia artística em espetáculos que engrandecessem a expectativa de nosso público e em nossa interferência, como artistas goianos para o mundo”, explica Bruno Peixoto.

 

 

Serviço

 

Elenco: Bruno Peixoto, Eduardo Babugem, Rita Alves e Valéria Livera

Direção/Concepção: Bya Braga

Figurinos e Assessoria cênica: Robson Parente

Adereços: Rita Alves

Trilha sonora: Ney Couteiro

Iluminação: Rodrigo Assis

Produção: Bruno Peixoto

Coreografia: Danilo Santanna

Fotografias: Layza Vasconcelos

 

Dia: 24 de maio (Terça no Teatro)

Horário: 20 horas

Local: Teatro SESI (Av. João Leite, nº 1.013, Setor Santa Genoveva. Telefone: 3269-0800)

Ingressos: Doação de dois quilos de alimentos ou um livro

 

Última modificação em Domingo, 22 Maio 2016 19:17
Mais nesta categoria: Cara-de-Bronze »

Deixe um comentário

Mais lidos

MULHERES / MUJERES

MULHERES / MUJERES

25 Jan 2019 Livros

Tradição dos Manjericos

Tradição dos Manjericos

23 Jun 2016 Turismo

Na Ponta do Nariz

Na Ponta do Nariz

06 Jun 2016 Artemania

Lan Lanh

Lan Lanh

29 Mai 2017 Palcos e Platéias

Capoeira

Capoeira

04 Set 2016 Isto é Brasil

Acompanhe no Facebook

Online

Temos 11 visitantes

Add to Flipboard Magazine.