Arquipélago da Madeira

Arquipélago da Madeira

Destino exibe suas raízes em patrimônios históricos e monumentos fascinantes. // Famoso por ser um dos mais belos do mundo, o Arquipélago da Madeira é rep...

Suíça, de trem

Suíça, de trem

Um passeio imperdível pela Suíça com o Grand Train Tour

Lan Lanh

Lan Lanh

Lan Lanh sobe aos palcos do Teatro Glaucio Gill, no Rio de Janeiro, para apresentar o show "Batuque da Lan Lanh" nos dias 2, 3, 4, 5, 9, 10, 11 e 12 de junho. ...

Os Fiapos do Umbigo Fotografias: Layza Vasconcelos
Lido 686 vezes
Avalie este item
(1 Voto)

 O  Grupo GTI  de Teatro estreia seu novo espetáculo Os Fiapos do Umbigo, dia 24 de maio,  às 20 horas, no Teatro SESI, em Goiânia, sob a direção e supervisão de dramaturgia da mineira Bya Braga.

Patrocínio da Lei Goyazes de Incentivo à Cultura.   

 

 

por Valbene Bezerra

Baseada no teatro físico e na palhaçaria, a peça traz no elenco os atores  Bruno Peixoto e Valéria Livera, Rita Alves e Eduardo Babugem.

 

Criado pelos próprios atores, a comédia Os Fiapos do Umbigo investe em tema extremamente atual. O texto aborda a experiência de clonagem de uma espécie em extinção. Trata-se de uma Palhaça que está ameaçada de morrer. Ela é o único ser de seu tipo que ainda sobrevive. Se ela morrer, o que acontecerá? Como outros palhaços nascerão? Nunca mais haverá uma espécie com aquele nariz diferente? Será o fim do riso? O fim da arte?  Estas perguntas só o espetáculo poderá responder.

 

Além do riso e de uma solução divertida para o problema, Os Fiapos do Umbigo oferece a todos uma oportunidade de pensar, de buscar uma solução criativa sobre um tema que gera muitos debates na sociedade. E, para completar, ainda apresenta uma reflexão inesperada, deixando a pergunta: o que podemos fazer para reverter a ameaça de extinção de uma espécie?

 

“É preciso uma solução. Algum fiapo de vida precisa se manter e crescer”, diz o ator Bruno Peixoto.

 

GTI

 

Formado  há oito anos,  Teatro GTI é um grupo composto por quatro atores: Bruno Peixoto, Eduardo Babugem, Rita Alves e Valéria Livera. Todos os seus componentes já integraram outros grupos de teatro de Goiânia.  O GTI nasceu com o firme propósito de  colocar em prática suas experiências e anseios de produção teatral.

Nos seus oito anos de existência, o GTI produziu  quatro espetáculos: Balanço,Histórias para Sonhar Acordado, Tudo passa...Eu passarinho e Olga. “ Resolvemos colocar nossa energia artística em espetáculos que engrandecessem a expectativa de nosso público e em nossa interferência, como artistas goianos para o mundo”, explica Bruno Peixoto.

 

 

Serviço

 

Elenco: Bruno Peixoto, Eduardo Babugem, Rita Alves e Valéria Livera

Direção/Concepção: Bya Braga

Figurinos e Assessoria cênica: Robson Parente

Adereços: Rita Alves

Trilha sonora: Ney Couteiro

Iluminação: Rodrigo Assis

Produção: Bruno Peixoto

Coreografia: Danilo Santanna

Fotografias: Layza Vasconcelos

 

Dia: 24 de maio (Terça no Teatro)

Horário: 20 horas

Local: Teatro SESI (Av. João Leite, nº 1.013, Setor Santa Genoveva. Telefone: 3269-0800)

Ingressos: Doação de dois quilos de alimentos ou um livro

 

Última modificação em Domingo, 22 Maio 2016 19:17
Mais nesta categoria: Cara-de-Bronze »

Deixe um comentário

Mais lidos

Ecoturismo

Ecoturismo

16 Out 2015 Turismo

Na Ponta do Nariz

Na Ponta do Nariz

06 Jun 2016 Artemania

Capoeira

Capoeira

04 Set 2016 Isto é Brasil

Cartas de Caio

Cartas de Caio

22 Dez 2016 Livros

Cara-de-Bronze

Cara-de-Bronze

05 Jun 2016 Programação em Goiânia

Acompanhe no Facebook

Online

Temos 15 visitantes

Add to Flipboard Magazine.