Arquipélago da Madeira

Arquipélago da Madeira

Destino exibe suas raízes em patrimônios históricos e monumentos fascinantes. // Famoso por ser um dos mais belos do mundo, o Arquipélago da Madeira é rep...

Suíça, de trem

Suíça, de trem

Um passeio imperdível pela Suíça com o Grand Train Tour

Lan Lanh

Lan Lanh

Lan Lanh sobe aos palcos do Teatro Glaucio Gill, no Rio de Janeiro, para apresentar o show "Batuque da Lan Lanh" nos dias 2, 3, 4, 5, 9, 10, 11 e 12 de junho. ...

Luz, Ciência e Vida Tânia Rêgo/Agência Brasil
Publicado em Isto é Brasil
Lido 1047 vezes
Avalie este item
(1 Voto)

Fiocruz reabre borboletário no Rio de Janeiro


Como parte dos eventos da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia, que tem como tema "Luz, Ciência e Vida", o Borboletário da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foi reinaugurado nesta semana no Museu da Vida, no campus da fundação em Manguinhos, zona norte do Rio.

O lugar é um espaço interativo ornamentado por plantas e habitado por espécies de borboletas do continente americano.

O ambiente atualmente abriga quatro espécies do inseto: olho-de-coruja, ponto-de-laranja, Julia e borboleta-brancão.

O viveiro reproduz o habitat do inseto, proporcionando uma verdadeira integração entre o homem, o ambiente e a biodiversidade.

 



Os visitantes terão a oportunidade de descobrir curiosidades do mundo dos insetos, além de aprender sobre o ciclo de vida, os hábitos alimentares, as táticas de sobrevivência e o segredo por trás das variadas cores das borboletas.

Segundo o pesquisador e idealizador do projeto, Ricardo Lourenço, o objetivo é fazer com que o visitante tenha a experiência de ver como vivem as borboletas, desde as etapas iniciais da larva até o inseto adulto.

“Antes, o borboletário havia sido desativado por um período, porque éramos apenas expositores. Hoje somos cadastrados como criadores científicos no Instituto Brasileiro de Meio Ambiente para podermos criar as borboletas de várias espécies e fazer com o que o público tenha essa experiência de convivência com as borboletas", declarou.

 



O Borboletário Fiocruz passará a integrar o circuito de visitação do Museu da Vida, que inclui atrações como o Parque da Ciência, Ciência em Cena, Espaço Biodiversidade e o tradicional Castelo da Fiocruz .De acordo com o chefe do Museu da Vida, Diego Bevilaqua, o espaço quer atuar na sensibilização da população para questões ligadas à biodiversidade, principalmente a da Mata Atlântica e a importância de sua preservação.

“Já estamos planejando uma expansão do espaço de visitação, além de programas profissionalizantes com jovens de comunidades ao redor do campus para integrá-los em todas as etapas da atividade: da produção ao atendimento com o público”, explicou Bevilaqua.

O borboletário está aberto para visitação com agendamento prévio de terça a sexta-feira das 9h às 16h30 e aos sábados, das 10h às 16h.

Para informações e agendamentos, o visitante precisa ligar no (21) 2590-6747.

 



fonte: Agência Brasil

Última modificação em Segunda, 14 Dezembro 2015 21:21
Mais nesta categoria: Arquivo em Cartaz »

1 Comentário

  • Link do comentário Rogério Luiz Pedrosa Rogério Luiz Pedrosa Segunda, 16 Novembro 2015 22:04

    O juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, condenou hoje (16) o ex-deputado federal Luiz Argôlo a 11 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Preso no Complexo Médico Penal, na região de Curitiba, Argôlo foi acusado de receber R$ 1.474.442 de propina do esquema de corrupção investigado na Operação Lava Jato. Ainda cabe recurso da decisão.

    Relatar

Deixe um comentário

Mais lidos

Ecoturismo

Ecoturismo

16 Out 2015 Turismo

Na Ponta do Nariz

Na Ponta do Nariz

06 Jun 2016 Artemania

Capoeira

Capoeira

04 Set 2016 Isto é Brasil

Tradição dos Manjericos

Tradição dos Manjericos

23 Jun 2016 Turismo

Quimeras

Quimeras

07 Jan 2015 Crônicas Di-Versos

Acompanhe no Facebook

Online

Temos 13 visitantes

Add to Flipboard Magazine.