Arquipélago da Madeira

Arquipélago da Madeira

Destino exibe suas raízes em patrimônios históricos e monumentos fascinantes. // Famoso por ser um dos mais belos do mundo, o Arquipélago da Madeira é rep...

Suíça, de trem

Suíça, de trem

Um passeio imperdível pela Suíça com o Grand Train Tour

Lan Lanh

Lan Lanh

Lan Lanh sobe aos palcos do Teatro Glaucio Gill, no Rio de Janeiro, para apresentar o show "Batuque da Lan Lanh" nos dias 2, 3, 4, 5, 9, 10, 11 e 12 de junho. ...

A série de histórias curtas dá início às celebrações do UNICEF por seus 70 anos. Foto: UNICEF A série de histórias curtas dá início às celebrações do UNICEF por seus 70 anos. Foto: UNICEF
Publicado em Mundo Melhor
Lido 7236 vezes
Avalie este item
(1 Voto)


Escritores reunidos pelo UNICEF criam histórias para o Dia Universal da Criança



O brasileiro Paulo Coelho, a nigeriana Chimamanda Adichie, o cubano Leonardo Padura e a britânica Christina Lamb são alguns dos escritores que criaram “Pequenas Histórias (Tiny Stories)” sobre o mundo que desejam para as crianças, na ocasião do Dia Universal da Criança, 20 de novembro.

Mais de 200 escritores, incluindo romancistas, dramaturgos e poetas, uniram-se a uma campanha literária global nesta semana, escrevendo Pequenas Histórias (Tiny Stories), com cerca de sete linhas cada, para chamar a atenção para o Dia Universal da Criança e para as injustiças sofridas pelas crianças mais pobres do mundo. A série dará início às celebrações do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) por seus 70 anos.

As pequenas histórias podem ser acessadas no site do projeto Tiny Stories (https://www.unicef.org/tinystories/) em inglês, espanhol e francês e serão compartilhadas pelos escritores em suas redes sociais.

A primeira-dama da Finlândia, Jenni Haukio, apresentou o projeto, que ganhou impulso global com a adesão de autores de Ásia, África, América do Sul, Europa, Oriente Médio e Austrália.



“Como escritores, temos a capacidade de advogar por meio da simplicidade de contar histórias. Com esta campanha digna e necessária, defendemos a proteção dos direitos das crianças preciosas em todo o mundo”, disse a escritora nigeriana Chimamanda Adichie.

O grupo de escritores, cujos gêneros literários variam dos contos de fadas à ficção, inclui uma das mais jovens — a escritora sul-africana Michelle Nkamankeng, de 7 anos. Escritas em mais de 10 línguas e em estilos, todas as histórias mostram que os direitos de muitas crianças ainda são negligenciados.

A campanha surge num momento em que os direitos das crianças estão cada vez mais ameaçados. Mais de 50 milhões de crianças tiveram que deixar suas casas devido a conflitos, pobreza e mudanças climáticas, e outras milhões enfrentam violência em suas comunidades. Cerca de 263 milhões de crianças estão fora da escola e, no último ano, aproximadamente 6 milhões com menos de 5 anos morreram de doenças, em sua maioria, evitáveis.

“É chocante ver que a vida de muitas crianças ainda é fortemente impactada pelo horror dos conflitos, desigualdades, pobreza e discriminação. Espero que estas Pequenas Histórias possam lembrar ao mundo de que devemos manter nossos compromissos para com todas estas crianças cuja vida e cujo futuro estão em jogo”, afirmou Paloma Escudero, porta-voz do UNICEF.

O dia de 20 de novembro marca o aniversário de adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança.




Última modificação em Sábado, 19 Novembro 2016 21:35
Mais nesta categoria: ANA2017 »

Deixe um comentário

Mais lidos

MULHERES / MUJERES

MULHERES / MUJERES

25 Jan 2019 Livros

Tradição dos Manjericos

Tradição dos Manjericos

23 Jun 2016 Turismo

Na Ponta do Nariz

Na Ponta do Nariz

06 Jun 2016 Artemania

Ecoturismo

Ecoturismo

16 Out 2015 Turismo

Capoeira

Capoeira

04 Set 2016 Isto é Brasil

Acompanhe no Facebook

Online

Temos 62 visitantes

Add to Flipboard Magazine.