Imprimir esta página
Publicado em Comunidade da Saudade
Lido 1460 vezes
Avalie este item
(1 Voto)

Austrália procura engenheiros e profissionais da saúde

Se você nutre o sonho de morar fora do Brasil e crescer profissionalmente, trabalhar na Austrália pode ser uma excelente opção. Saiba como aproveitar as oportunidades que o país da Oceania oferece, seguindo as dicas de quem entende do assunto.

 

É engenheiro ou profissional da saúde? Domina bem o inglês? Tem experiência? Se as suas respostas são afirmativas, você é um forte candidato a seguir carreira na Austrália! Das 192 profissões prioritárias divulgadas pelo Governo Australiano, na  Skilled Occupations List, 31 posições são para engenheiros e 78 para quem atua no setor da saúde.

"Esta é uma oportunidade ímpar para jovens profissionais dessas duas áreas. E além do crescimento profissional, uma carreira internacional também proporciona crescimento pessoal ", comenta MaCson Queiroz, consultor imigratório da M.Quality, agência especializada em auxiliar na imigração e intercâmbio de brasileiros para a Austrália.

Há vagas para profissionais de diversos tipos de engenharia na Austrália, desde a civil, elétrica e mecânica até a naval e a de telecomunicações. Para os que atuam no setor da saúde,  o país demanda desde administradores de unidades hospitalares, até médicos e enfermeiros de diferentes especialidades e experiências.

"Cirurgiões, cardiologistas, oncologistas, dermatologistas, pediatras, enfermeiros, estes são apenas alguns dos perfis de profissionais que podem se candidatar. O mais interessante dessa oportunidade é vivenciar o funcionamento da rede de saúde australiana, tida como uma das melhores do mundo", acrescenta o consultor imigratório.

Para imigrar para o país, é preciso homologar um processo de reconhecimento oficial de sua profissão na Austrália e obter a pontuação mínima exigida em um teste criado pelo Departamento de Imigração, além de ter o domínio do inglês.

Para que o candidato esteja a par da documentação necessária e dê encaminhamento de forma segura e eficiente ao processo, MaCson Queiroz aconselha a contratação de um agente imigratório de confiança, experiente e registrado junto ao governo federal australiano: “O objetivo é fazer o profissional ganhar tempo, já que o processo é demorado e requer conhecimento da legislação do país.


Orientamos que a pessoa faça uma avaliação de elegibilidade do visto para saber se está realmente apta para entrar com o processo na categoria desejada. O consultor a ajudará a iniciar o requerimento de visto corretamente, aumentando as chances de sucesso”.

Última modificação em Terça, 25 Agosto 2015 21:07
Add to Flipboard Magazine.